Acidentes de trânsito aumentam 20% em dias chuvosos

Os motoristas que transitam por rodovias em dias chuvosos precisam redobrar a atenção ao volante. Segundo um levantamento realizado pela Concessionária Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração do Corredor Dom Pedro de rodovias, em dias como desta semana, o número de acidente nas estradas aumenta cerca de 20%.

Entre os tipos de ocorrência, as colisões traseiras são as que apresentam maior elevação. “A chuva diminui o atrito do pneu à pista e o carro precisa de um espaço maior para a frenagem, se torna mais difícil parar. Além disso, as chuvas fortes diminuem a visibilidade dos motoristas. Esses dois fatores contribuem para a ocorrência de colisões traseiras”, destaca o coordenador de tráfego da Rota das Bandeiras, Murilo Perez.

Uma das medidas que a Rota das Bandeiras adota durante esteperíodo é avisar aos motoristas sobre a incidência de temporais por meio dospainéis de mensagem variável (PMV)s instalados nas pistas. “Assim, osmotoristas podem evitar surpresas e reduzir a velocidade antes de chegar notrecho com chuva”, explica Perez.

Para diminuir o risco de acidentes, além de uma postura maisprudente por parte dos motoristas, é essencial verificar os itens de segurançado veículo. Algumas atitudes simples como diminuir a velocidade e sinalizarcorretamente as ações que serão tomadas reduzem significativamente apossibilidade de ocorrências.

Em caso de acidentes no Corredor Dom Pedro, a Rota dasBandeiras possui guinchos e ambulâncias para socorros médicos e mecânicos. Otelefone da Concessionária é o 0800-770-8070. O serviço é gratuito e funciona24 horas.

Dicas para evitar acidentes em dias de chuva

A Rota das Bandeiras preparou algumas dicas que podem ser decisivas nos dias chuvosos. A responsabilidade pela segurança no trânsito pertence a todos nós.

§ Reduza a velocidade do veículo. A pista molhadafaz com que o carro diminua o contato com o solo. Quando isso ocorre, ocontrole do volante e dos freios fica prejudicado;

§ Aumente a distância do veículo à frente. Como háuma dificuldade maior para parar o carro, será necessário mais espaço para afrenagem;

§ Verifique o funcionamento dos itens de segurança do veículo. Setas e luz de freio são fundamentais durante as chuvas fortes, quando a visibilidade fica reduzida;

§ Acione o sistema de ventilação ou o arcondicionado do veículo para impedir que os vidros embacem;

§ As palhetas que fazem a limpeza do para-brisadevem estar em bom estado. Verifique e faça a troca, se necessário;

§ Verifique o estado dos pneus do veículo. Pneus carecas terão mais dificuldade para parar, principalmente no caso das freadas bruscas.

 

Foto Crédito: Divulgação / Rota das Bandeiras