Alunos de 11 escolas municipais de Itatiba ganham medalhas na Olimpíada Internacional de Matemática

Os estudantes da rede pública municipal de ensino de Itatiba se destacaram em mais uma Olimpíada Internacional de Matemática e trouxeram muitas medalhas de ouro, prata e bronze para a cidade. No total, os alunos conquistaram 53 medalhas na edição deste ano. Em 2018 foram 27, e em 2017, 12 medalhas.

Nesta edição de 2019 foram 5 medalhas de ouro, 8 de prata e 8 de bronze na etapa nacional. Já na etapa estadual, foram 13 medalhas de ouro, 7 de prata e 12 medalhas de bronze. Entre as escolas premiadas estão: EMEB Cel Manoel Joaquim de Araújo Campos, EMEB Sebastião de Camargo Pires, EMEB Basílio Consoline, EMEB Rosa Scavone, EMEB Cel Francisco Rodrigues Barbosa, EMEB Profª Ângela Lygia Parodi Scavone, EMEB Profª Eliete Ap. Sanfins Fusussi, EMEB Profª Sonia Rita Penteado Aguiar Santos, EMEB Prof. Luiz Pântano, EMEB Profª Maria Mercedes de Araujo, EMEB Prof. Benno Carlos Claus.

"Parabenizamos a equipe gestora, os professores e alunos, pela conquista de 53 medalhas na Olimpíada Internacional de Matemática, o dobro das medalhas conquistadas em 2018, o que mostra um avanço significativo no aprendizado e nos resultados dos alunos da rede pública municipal. A Educação pública de Itatiba tem conquistado muitos prêmios, superamos as metas do IDEB, graças a dedicação e comprometimento dos nossos professores com o aprendizado dos alunos”, afirmou o secretário de Educação, Anderson Sanfins.

Criada em 1989 pelo Ministério da Educação da França, a competição envolveu em 2018 mais de 250 mil alunos de 29 países, sendo 80 mil brasileiros de todos os estados do país. A prova é aplicada em 10 idiomas diferentes. A OIMSF é uma competição em equipes para estudantes do fundamental I e II e ensino médio.

A Olimpíada Internacional de Matemática sem fronteiras (MSF) é organizada pela Rede POC- Rede do Programa de Olimpíadas do Conhecimento- programa de intercâmbio científico que tem como objetivo estimular o interesse entre os estudantes pela inovação, pela Ciência e pela Tecnologia- com o apoio do Consulado da França em São Paulo, da Universidade Metodista de São Paulo e da Cenpec- Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Instituição sem fins lucrativos). A OIMSF é a seção brasileira do evento internacional Mathématiques sans Frontières, criado pela Académie de Strasbourg, Inspection Pédagogique Régionale de Mathématiques e IREM (Institut de Recherche sur l'Enseignement des Mathématiques), órgãos ligados ao Ministério da Educação francês.

Informação: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Itatiba