Comerciantes têm boas expectativas de vendas para o Dia das Crianças

Texto: Tatiana Petti/Aicita

Na próxima quarta-feira, 12 de outubro, será feriado no Brasil pelo Dia da Padroeira, N.Sra. Aparecida, mesmo dia em que se comemora o Dia das Crianças. Através de sondagem realizada pela Associação Industrial e Comercial de Itatiba (Aicita), sabe-se que os comerciantes locais têm boas expectativas de vendas para os próximos dias em função desta data.

A expectativa média é crescimento de cerca de 10% em relação ao mesmo período do ano passado. O otimismo dos empresários se dá em função de promoções e propagandas para alavancar as vendas. Apesar da greve bancária, o recebimento do salário neste início de mês deve contribuir para o bom movimento, principalmente na segunda, na terça e na própria quarta-feira, já que os estabelecimentos que vendem brinquedos deverão estar abertos; alguns, pela manhã e outros até as 17h.

Para o comércio, esta é considerada a quarta maior data, depois do Natal, Dia das Mães e Dia dos Namorados. No entanto, para o setor de brinquedos, é uma das datas mais importantes.

Melhora para o varejo

Alencar Burti, presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), da qual a Aicita faz parte, é também presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), cuja expectativa aponta um recuo de cerca de 5% nas vendas em comparação a 2015. “A situação da economia continua muito difícil, com o desemprego em alta e a renda do consumidor comprimida. Mas esse desempenho, se confirmado, evidenciará que as vendas estão caindo menos. Ou seja, é uma melhora para o varejo, embora o resultado ainda não fique no campo positivo”, disse Burti.

Presentes

No País, os brinquedos constituem a maioria dos presentes, seguido por roupas, calçados e bicicletas. “Como de costume, devem predominar os brinquedos, roupas e calçados, mas haverá avanço dos produtos eletrônicos. As lojas estão liquidando os estoques, o que vimos também nas outras datas comemorativas. E são promoções maiores do que nos anos anteriores, já que está mais difícil vender, diante da conjuntura”, comentou o presidente da Facesp.

Pesquisa nacional

Cerca de 40% dos consumidores pretendem presentear no Dia da Criança, conforme pesquisa nacional, divulgada pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ) e Instituto Ipsos.

Esta data deve movimentar, em todo o país, cerca de R$ 7,3 bilhões, com gasto médio de R$ 118,87 por pessoa. Entre as mulheres, o gasto é menor, atingindo, em média, R$ 113,35, enquanto entre os homens esse valor sobe para R$ 125,37.

A pesquisa foi efetuada entre 30 de julho e 9 de agosto, com 1.200 consumidores nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Florianópolis, Salvador e Recife e em mais 65 municípios brasileiros.

Foto: Reprodução