Deputado Adilson Rossi é o convidado do Programa Debate desta quinta-feira

O Programa Debate desta quinta-feira, dia 9, terá a presença do deputado estadual Adilson Rossi (PSB). O convidado irá falar a respeito dos projetos e emendas apresentados que beneficiam os itatibenses, além de outros assuntos relacionados ao cenário político.

O programa será apresentado pelo jornalista Mané Roberto e pelos colaboradores, Gilmar Kozlowski e Eduardo Cintra. Os ouvintes poderão enviar perguntas pelos telefones (11) 4524-0003 ou (11) 4524-1594 e também pelo e-mail crnitatiba@terra.com.br.

Debate nesta quinta-feira, das 16h às17h30. Acompanhe pelos 1.420 KHz-AM, através dosite: www.crnitatiba.com.br e pelo aplicativo app (CRN - Central de Rádio e Notícias).

160 anos deItatiba

O historiador Luis Soares de Camargo, doutor emestre em História esteve no programa do dia 26. Ele falou sobre os 160 anos de emancipação político-administrativa de Itatiba, além de curiosidades e fatos que marcaram o município.

“Em 1857, em Assembleia, foi aprovada a elevação de Itatiba de freguesia para vila, com o nome de Belém de Jundiaí. Na condição de Vila já se podia ter uma Câmara de Vereadores, por isso, denomina-se de emancipação político-administrativa, porque os primeiros vereadores eleitos tomaram posse no dia 1º de novembro daquele ano. O primeiro prefeito de Itatiba foi Antonio Chateaubriand Joly, só tomou posse no ano de 1908. Por que até então, o modelo brasileiro de gestão era o mesmo das cidades Portuguesas, onde não existia a figura de um prefeito. A Câmara Municipal é que detinha o poder executivo e legislativo ao mesmo tempo”, lembrou o historiador.

Nome de Itatiba

De acordo com o historiador o nome de Itatiba na língua indígena Tupi-guarani, significava ‘muita pedra’. “Itatiba sempre teve muita pedra. Eram tantas que com elas se fazia o paralelepípedo, o granito para o calçamento das ruas. Em 1872, época do romantismo no Brasil, houve um desprendimento de Portugal e conseqüente valorização das raízes brasileiras. Nesse período de mudanças, muitas cidades alteraram seus nomes para denominações indígenas. Quem sugeriu a alteração do nome para Itatiba foram: o padre Francisco de Paula Lima (padre Lima) e o maestro Elias Lobo. Por que até então o município ainda era denominado Belém de Jundiaí.

 

Informação: Redação Rádio CRN

Foto: Reprodução