Itatiba recebe prefeitos italianos de Toro e Oratino

Na manhã de terça-feira, dia 3 de abril, o prefeito Douglas Augusto Pinheiro de Oliveira recebeu, em seu gabinete, os prefeitos "Sindacos" de Toro, Roberto Quercio e de Oratino, Luca Fatica.

Em setembro de 2009 Itatiba oficializou a irmandade com Toro, comunidade italiana da região do Molise, província de Campobasso. E neste ano, Itatiba firma mais uma irmandade italiana, agora com a cidade de Oratino.

Para declarar irmã à cidade de Oratino, o prefeito Douglas Augusto enviou para ser discutido na sessão de quarta-feira, dia, 4, da Câmara Municipal o PL 27/2018, com a finalidade o de criar um intercâmbio cultural e científico e o estreitamento de laços de solidariedade e de amizade entre as cidades-irmãs.

Além deste projeto também será apreciado o PL28/2018, do Executivo, que denomina a praça pública localizada na rotatória emfrente ao Parque Luis Latorre, ladeada pelas Avenidas Prefeito Erasmo Chrispime Guerino Grisotti, como “Cidades Irmãs Itatiba – Toro – Oratino”.

Na cerimônia de ontem, o prefeito Douglas Augusto explicou o que caracteriza as cidades-irmãs e destacou a importância delas para o município. “Itatiba tem uma comunidade italiana muito forte e arraigada aqui há tempo, são dezenas de famílias itatibenses com descendência italiana, ou seja, este monumento ‘Guardiões Itatiba’ é um resgate a cultura da cidade”, comentou o prefeito Douglas Augusto, que ainda ressaltou as semelhanças entre Itatiba e Oratino.

”Sabendo que Oratino é uma cidade conhecida por conter e produzir arte em pedras, a comuna italiana solicitou um gemellaggio com Itatiba, que em tupi-guarani significa “muita pedra”. Além de Oratino, Itatiba tem gemellaggio firmado com cidades irmãs de Toro (Itália), Tosa (Japão), São Sebastião (SP) e Monte Sião (MG)”, finalizou o prefeito de Itatiba.

A cidade irmã de Itatiba, Toro está localizada no coração de Molize. Hoje é habitada por aproximadamente 1.300 pessoas. Fé e religiosidade fazem parte da localidade. O prefeito Roberto Quércio destacou em entrevista à imprensa local as principais características que ligam as cidades irmãs. “O gemellaggio entre Toro e Itatiba nasceu quando o itatibense André Bartholomeu descobriu com o auxilio de amigos italianos, que o artista brasileiro Toquinho é originário de Toro e com isso, tiveram a ideia de fazer um gemellaggio entre as cidades”, comentou prefeito.

A mais nova irmã de Itatiba, Oratino é conhecida como a terra da arte, música e cultura e tem 1450 habitantes. O prefeito Luca Fatica destacou a importância dessa irmandade. “O gemellaggio entre Itatiba e Oratino se deve pela próxima da cidade italiana a província de Toro e por ambas as cidades terem por características as pedras”, finalizou o prefeito de Oratino.

Para firmar a irmandade entre as cidades Itatiba inaugura neste domingo o monumento guardiões de Itatiba, obra idealizada pelo artista italiano Dante Gentile Lorusso. Ele falou sobre a expectativa desse momento e de como idealizou esse monumento.” A ideia dos artistas foi de juntar as pedras de Oratino com as pedras itatibenses e isso como símbolo real de fraternidade e acolhimento dos brasileiros pelos italianos que vieram ao país há 100 anos atrás.

Estiveram presentes na comitiva os srs. Andre Bartholomeu (engenheiro), artista Oratino Dante Gentile Lorusso, Renato Chiocchio (artista e escultor das cabeças dos guardiões) e a jornalista Tatiana Petti.


Fonte: Redação CRN

Foto: Divulgação