PARQUE LINEAR E REPRESA: Prefeitura inaugura nova opção de lazer e maior represa mecanizada da cidade

A Prefeitura de Itatiba inaugurou na noite da última quinta-feira, 22 de dezembro, o primeiro Parque Linear da cidade, denominado Antônio Fattori, com pista de caminhada e a Represa Sérgio Polezel, pensada como o coração de um importante sistema para represamento evazão de água, conforme necessidade. Também será possível pescar e apreciar a paisagem sobre um deck de frente para três fontes. O espaço fica ao lado do Complexo Viário Sebastião Mantovani, comumente chamado de "Rotatória do Beija-Flor", que também ganhou mais mobilidade por meio da Avenida Carmelo Scarparo, que está em fase final, cujo propósito é Ligar a parte alta da cidade, onde está localizado o Parque Linear, à parte mais baixa, onde está o Parque Luís Latorre. A Avenida compreende também uma ciclovia.

“Trata-se de um momento muito importante à nossa gestão, que trabalhou em tantas frentes e privilegiou saúde, educação e infraestrutura. Neste complexo que reúne o parque linear, a represa e a nova avenida, garantimos um espaço para educação ambiental, para garantir mais qualidade de vida e saúde e temos um grande marco da importância em termos estratégia estruturada para gerenciar o problema da falta ou da abundância de chuvas, com a funcionalidade da represa", salientou o Prefeito João Fattori.

Toda a verba para as obras são originárias de contrapartida, sendo quase R$ 10 milhões em investimento. O local oferecerá novas atrações que possibilitam mais lazer, estimulam a prática de atividades físicas e promovem mais qualidade de vida à população, tudo isso em contato coma natureza.

O Parque contará com dois mini-bosques, com espécies nativas de diferentes biomas brasileiros, garantindo um ambiente florido durante o ano inteiro. Para o plantio foram selecionadas 63 espécies de diferentes tipos de plantas, possibilitando que os frequentadores conheçam um pouco mais sobre a diversidade da flora brasileira, entre elas está o Mogno, madeira símbolo da indústria moveleira, mercado de destaque em Itatiba, e o Pau-Brasil, árvore símbolo brasileira.

Árvores frutíferas também foram plantadas,com o objetivo de atrair aves e pequenos animais, gerando mais vida e beleza ao local. Cerca de 450 mudas de árvores e plantas divididos entre os dois bosques,árvores ornamentais e as plantadas na orla da represa.

O projeto compreende uma arena esportiva,que não foi construída por desistência das empresas que ficaram em primeiro e segundo lugar na licitação. 

A represa

O Parque também conta com a maior represa artificial e mecanizada do município, que carinhosamente carrega o nome do senhor Sérgio Polezel, que por muitos anos trabalhou como mecânico tradicional da cidade. Ela tem duas funções, em épocas de muita chuva, garante o represamento de água das chuvas e, de forma automatizada, com controle de abertura e fechamento de comportas na Central de Monitoramento por Câmeras, é possível controlar a vazão para equilibrar o volume de água que corre por nossos afluentes alimentando o Rio Atibaia. Comisso, num projeto que interliga cerca de 50 pequenas represas já existentes em nossa cidade, temos melhor aproveitamento dos recursos hídricos e diminuição de alagamentos.

Já em períodos de escassez de água, como tem capacidade de reservar volumosos 110 milhões de litros de água, poderá abastecer a cidade inteira por quase uma semana em casos de crises hídricas nos próximos anos, como previsto por pesquisadores do País e de todo o mundo. O abastecimento também é necessário e útil caso um contaminante polua o Rio Atibaia, fonte de nossa captação.

Para a represa, foram investidos mais de R$ 6 milhões. Também foi construído um deck, com capacidade para até 150 pessoas, de onde pode-se contemplar a natureza.

Homenagem

As famílias dos homenageados participaram da cerimônia e se emocionaram relembrando dos entes queridos. No evento também foram acessas as luzes das três fontes da represa, que além de embelezar o espaço têm a função de oxigenar a água, que é essencial para a vidados peixes e da vegetação. O evento foi encerrado como uma queima de fogos que abrilhantou o momento.

 Avenida Carmelo Scarparo em fase final

A avenida foi projetada e é executada em dois níveis, cada um com uma mão de trânsito e têm como objetivo melhorar a mobilidade urbana com mais opções para a malha viária municipal. São 2.250 metros lineares e as obras no local consistem em: sistema de drenagem de águas pluviais (bocas de lobo, caixa de inspeção, poços de visita),pavimentação, iluminação, sinalização, projeto paisagístico, passeio em concreto e também uma ciclovia.

Além da ligação entre os dois parques, a avenida também ligará duas importantes regiões da cidade, com o intuito primordial de desafogar o trânsito, contribuindo para a diminuição de congestionamento de um dos principais acessos da cidade, que compreende o trecho da Avenida Marechal Castelo Branco e a Rodovia Luciano Consoline.

"Esta nova alça viária é necessária para o bom fluxo de automóveis na região garantindo mobilidade. A nova Avenida ligará duas importantes regiões e reduzirá o tráfego intenso, principalmente nos horários de pico”, explicou o Prefeito João Fattori.


Fotos: AlissonLage/PMI