Prefeitura realiza mutirão “Dia D” para vacinação contra a Febre Amarela

Durante o mês de outubro, a Secretaria de Saúde intensificou a vacinação contra a Febre Amarela no município. Num grande esforço, que envolveu dezenas de enfermeiras, agentes comunitários de Saúde, auxiliares administrativos, técnicos de enfermagem, agente de combate a Endemias, motoristas, engenheiros, veterinários e servidores em geral, a Secretaria disponibilizou as vacinas durante os sete dias da semana. As ações para imunizar o maior número possível de pessoas continuam. 

Dia D de Vacinação

No sábado, dia 28, todas as unidades de Saúde, Centro de Atenção à Criança (CAC), CAISMI e CTA, estarão abertos para quem ainda não está protegido contra a doença. As unidades funcionarão das 8h ás 16h. O Supermercado Covabra, na Rua Domingos Pretti, também receberá uma equipe de vacinação, das 8h às 16h.

No domingo, dia 29, a Prefeitura aproveita o encerramento do Outubro Rosa, com a 2ª edição do "Manhã Saúde", promovido pelo Fundo Social de Solidariedade no Parque Luis Latorre, para também disponibilizar doses da vacina.

Ainda no domingo, a Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Rua Luiz Scavone, n° 273, terá vacinação a partir das 9h.

O horário estendido no Ambulatório Central de Especialidades (até as 21h) segue até sexta-feira, 27.

“A vacina precisa de 10 dias para fazer efeito real no organismo, portanto, quanto mais cedo as pessoas se imunizarem, mais cedo estarão de fato protegidas”, lembrou o secretário de Saúde, Dr. Fábio Alves.

Trabalho ininterrupto

Desde o dia 18 de outubro, o Ambulatório Central de Especialidades segue com horário de atendimento diferenciado especificamente para vacinação. Os trabalhos iniciam as 8h e só encerram as 21 horas, permitindo que as pessoas que trabalham ou estudam durante o dia tenham um horário melhor para procurar a imunização.

No sábado, dia 21, o CAC, no Centro, ficou aberto das 8hàs 16h. Ao mesmo tempo, equipes volantes percorriam áreas rurais do município e um posto de vacinação foi montado no Condomínio Parque da Fazenda, divisa com Jundiaí. Só nesse neste dia foram vacinadas 2.163 pessoas.

No dia seguinte, no domingo, o mutirão foi sediado no Parque Luis Latorre. Uma equipe foi deslocada até a Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Ministério do Ipiranga, que realizaria um evento interno ecedeu espaço para que a população pudesse se vacinar.

Apesar do tempo nublado, a procura foi intensa. Neste dia, 2.305 pessoas se vacinaram, resultando num total de mais de 68 mil pessoas, apenas em 2017. Com isso, a cobertura vacinal de Itatiba está muito acima da média regional. Várias cidades da região tem indícios de Febre Amarela, com macacos mortos pela doença. O virus já chegou à capital, onde foi encontrado um macaco infectado.

Durante a semana, empresas, supermercados e locais de grande fluxo de pessoas foram utilizados para facilitar o acesso da população à proteção contra doença, uma vez que os estoques da vacina estão sendo garantidos pela Divisão Regional de Saúde-VI.

Somando todos os esforços, desde o dia 18 até o dia 25, são 94 horas dedicadas exclusivamente à vacinação contra a Febre Amarela, sem paralisar ou reduzir outros serviços como o atendimento na UPA 24h, unidades desaúde e consultas com especialidades.

"A dedicação que os servidores da área da saúde tiveram desde janeiro, ampliada em abril e agora mais que dobrada, é motivo de orgulho para nossa cidade. Estamos conseguindo uma excelente cobertura de pessoas vacinadas, mas sem a dedicação deles de dia, de noite, aos sábados e aos domingos, isso não seria possível", elogiou o prefeito Douglas Augusto Pinheiro de Oliveira.

O trabalho coordenado da Secretaria de Saúde envolve aVigilância Sanitária, Epidemiológica, Zoonoses, setor de transporte, imunização e equipes de limpeza.


Informação e foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Itatiba