Programa Debate terá a presença do major PM Frederico Afonso Izidoro

O Programa Debate desta quinta-feira, dia 27, terá a presença do major da Polícia Militar Frederico Afonso Izidoro, coordenador de policiamento do 49º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior). O convidado irá falar sobre as ações desenvolvidas pela Polícia Militar na região de Jundiaí com vistas ao combate da criminalidade.

O programa será apresentado pelo jornalista Mané Roberto com a colaboração de Eduardo Cintra e Gilmar Kozlowski. Acompanhe o Programa Debate desta quinta-feira, das 16h às 17h30, pelos 1.420 KHz-AM, através do site: www.crnitatiba.com.br e pelo aplicativo app (CRN - Central de Rádio e Notícias).

Segurança em Itatiba

Na quinta-feira,dia 20, o programa teve a presença do capitão PM Osvaldo Rodrigo Guarizo, comandante da 2ª Cia da Polícia Militar do 49º BPM/I. O convidado falou sobre as ações desenvolvidas pela Polícia Militar em Itatiba, comentou as estatísticas da criminalidade e também abordou outros assuntos.

Conforme destacou o comandante, um dos pontos primordiais e que já está sendo colocado em prática, se refere à aproximação da polícia militar com a população. “Recentemente implantamos em Itatiba dois programas de Policiamento Comunitário. Em um deles, nós temos policiais com motos fazendo o policiamento na área urbana, mantendo contato com pessoas, comércios e empresas, recebendo denúncias e verificando as necessidades dessas pessoas. O outro se refere ao policiamento rural, onde uma equipe visita as áreas mais afastadas do município para receber informações e atender as necessidades da comunidade. Esse contato é muito importante para que possamos melhorar ainda mais o nosso policiamento”, informou.

Vizinhança Solidária

Sobre o projeto denominado Vizinhança Solidária - que visa o compartilhamento de informações entre vizinhos, a fim de coibir práticas delituosas - também receberá uma atenção especial, segundo o capitão. “Alguns bairros já contam com o programa, com base nisso, vamos aperfeiçoá-lo, analisar o que estava dando certo e melhorar outros pontos para que essa atividade seja estendida dentro das possibilidades”, lembrou.

O capitão Rodrigo também citou a estabilidade verificada nas ocorrências de furtos e roubos de veículos. “Por incrível que pareça temos conseguido controlar a situação e hoje podemos dizer que as estatísticas estão estáveis. Nos últimos dez anos, se tivemos um aumento na frota de veículos, observamos que nesta promoção houve uma estabilidade no número de casos. Lógico que não foram somente as ações da polícia militar que influenciaram, é preciso levar em consideração inúmeros outros fatores que contribuíram para inibir as ações delituosas no âmbito da segurança pública”, disse.


Informação: Redação CRN