Programa Debate terá presença de representantes da diretoria da AEPTI

O Programa Debate desta quinta-feira, dia 16, terá a presença das representantes da diretoria da Aepti – Associação dos Escritores, Poetas e Trovadores de Itatiba, Regina Elisabete Franco da Silva (presidente), Tatiana Rostaiser Petti (vice-presidente) e Rosa Maria Ferraz Sangiorgi (primeira-secretária). O tema deste programa será a premiação do XVII Concurso Literário JI/Aepti.

O programa será apresentado pelo jornalista Mané Roberto e pelos colaboradores, Gilmar Kozlowski e Eduardo Cintra. Os ouvintes poderão enviar perguntas pelos telefones (11) 4524-0003 ou (11) 4524-1594 e também pelo e-mail crnitatiba@terra.com.br.

Debate nesta quinta-feira, das 16h às 17h30. Acompanhe pelos 1.420 KHz-AM, através do site: www.crnitatiba.com.bre pelo aplicativo app (CRN- Central de Rádio e Notícias).

Deputado Adilson Rossi

O deputado estadual Adilson Rossi (PSB) foi o convidado do programa exibido no dia 9. Ele falou a respeito dos projetos e emendas apresentados que beneficiam os itatibenses, além de outros assuntos relacionados ao cenário político.

Agronegócio

O deputado também falou a respeito da Frente Parlamentar em Defesa do Agronegócio e sua atuação. “Nós lançamos recentemente a Frente Parlamentar em Defesa do Agronegócio. O Agronegócio é o que puxa a economia do País, sendo que 23% do PIB – Produto Interno Bruto do Brasil é gerado por ele, trata-se de um segmento que contribui para o desenvolvimento do País. E essa Frente Parlamentar vem no sentido de fazer indicações ao Governo do Estado de ações para beneficiar o Agronegócio. Em dezembro estaremos promovendo vários Fóruns de Segurança Alimentar em todo o Brasil, sendo o primeiro em Sorocaba e o último em janeiro de 2020 em São Paulo, junto com a Frente Parlamentar, procurando trabalhar com os municípios para que eles busquem recurso federal e montem seus bancos de alimentos, para a chamada Segurança Alimentar. Os municípios poderão ser responsabilizados até nessa questão. Hoje há lei que regulamenta isso. A Prefeitura terá de criar uma lei municipal para buscar esse recurso e montar o banco de alimentos público”, informou.

Município de Interesse Turístico

Um dos assuntos mencionados no programa se refere ao Projeto de Lei que transforma Itatiba em Município de Interesse Turístico. “Trata-se de um projeto do governo do Estado de São Paulo que vai abranger 140 municípios tornando-os estâncias. Todo ano, quatro municípios serão reconhecidos como estâncias e outros quatro que já o são, poderão voltar como Município de Interesse Turístico, perdendo sua condição. É como se fosse um campeonato. As estâncias recebem um dinheiro extra do governo proveniente da Secretaria de Turismo e cabe a ela fiscalizar se esse dinheiro está sendo ou não aplicado no Turismo. Eu indiquei Itatiba como Município de Interesse Turístico, o projeto já passou por todas as comissões, pela própria Secretaria de Turismo e agora se encontra na mesa do governador para receber sua chancela. O Turismo Rural é muito forte em Itatiba e esse é um dos pontos principais. Além disso, o município tem hoje um Plano Diretor de Turismo, o qual eu consegui através de contatos e reuniões feitas com o próprio secretário de Turismo de São Paulo que fez a doação para o município. Era só o que faltava na parte de documentação para Itatiba entrar como Município de Interesse Turístico”, comentou.

CPI da Epidemia do Crack

O deputado Adilson Rossi presidiu a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), constituída pelo ato nº 29 de 2016 com a finalidade de investigar a ‘Epidemia de Crack’ no Estado de São Paulo. “Não se trata apenas de um problema de Segurança Pública, mas de uma questão de Saúde. Nós fizemos a CPI com três secretarias de Estado (Segurança, do Desenvolvimento Social e Saúde) e no final apresentamos ao Governo do Estado algumas idéias. O Crack hoje está presente em praticamente 90% dos municípios e nós apresentamos algumas orientações para as Secretaria de Desenvolvimento Social e Segurança Urbana do município de São Paulo, sendo nossa idéia acatada. Tivemos um Debate muito acirrado sobre essa questão e apresentamos o mesmo projeto que havia sido extinguido, agora denominado ‘Recomeço’ que é interessante para o processo de recuperação de dependentes químicos. Aliás, esse projeto também é adotado pelo Desafio Jovem de Itatiba. A CPI terminou com esse documento e algumas idéias, sendo já colocadas em prática”, concluiu.


Informação: Redação Rádio CRN

Foto: Reprodução