Reforma da ponte da Marechal Deodoro termina durante a madrugada

A ponte localizada na Avenida Marechal Deodoro, próximo à antiga Silcon, passou por uma intervenção emergencial de reconstrução de sua cabeceira durante a quarta-feira, dia 15 de fevereiro. A obra teve início às 7h da manhã se estendendo até a 1h30 de quinta-feira.

Guardas de Trânsito notaram, na noite da terça-feira, 14,que um buraco na cabeceira da ponte poderia ser sinal de um desgaste mais profundo e decidiram isolar a área. Prontamente acionaram o Secretário de Obras e Serviços Públicos, Eng. Hermínio Geromel, que determinou que uma avaliação técnica ocorresse logo pela manhã. Essa avaliação constatou que a cabeceira da ponte sofria com um estágio avançado e contínuo de erosão, provavelmente decorrente das chuvas de março passado.

Desde então os servidores se deslocaram das obras que ocorrem na ponte da universidade para a Avenida Marechal Deodoro, e lá permaneceram até a 1h30 para concluir o reforço necessário no solo e liberar avia para o tráfego de veículos. Durante a quarta-feira, com a via interditada,o Departamento de Trânsito sinalizou um desvio pelas ruas Eugênio Passos e Rui Barbosa.

O prefeito Douglas e o secretário Hermínio acompanharam,no local, o término dos serviços. “Estávamos concentrados na execução da cabeceira da ponte da universidade, mas diante da urgência em evitar que algo pior acontecesse na ponte da Marechal [Deodoro], deslocamos toda a equipe para lá. Agradeço aos servidores por se empenharem até tão tarde, e assim garantirmos que essa via tão importante para a cidade não ficasse interditada por mais tempo, causando mais transtornos. Eles conseguiram realizar em um dia,um serviço que consumiria uma semana inteira. Estão todos de Parabéns!”, explicou o prefeito Douglas.

No final da manhã de quinta-feira uma camada de asfalto foi colocada no local, sem prejuízo ao tráfego de veículos, que flui normalmente.


Informações: Assessoriade imprensa / Departamento de Comunicação 
Coordenadoria de Comunicação Social da Prefeitura de Itatiba

Fotos: Frank Toogood/ PMI