Jornal das Sete

Das 07:00:00 às 08:00:00
Com: Eva Franco, Waldir Santos, Mané Roberto e Galvão Andreatta

Suspeito de atirar na ex-mulher se apresenta na Delegacia e responderá pelo crime de Feminicídio

O policial militar acusado de atentar contra a vida de sua ex-mulher, se apresentou na Delegacia de Polícia na noite de segunda-feira (07). Ele estava acompanhado por seu Advogado, pelo Capitão e o Sargento da Polícia Militar do Terceiro Batalhão da Polícia Militar de São Paulo.

Ele prestou depoimento, foi indiciado pelo crime de Feminicídio Tentado e de Homicídio Qualificado Tentado e vai agora prestar Serviços Administrativos sem acesso a arma de fogo, na sede do Batalhão, em São Paulo.

A Polícia Militar instaurou sindicância. A arma utilizada no crime era da Polícia Militar e foi apreendida, juntamente com o veículo particular dele.

Entenda o que aconteceu

Na noite de domingo, dia 6, a Polícia Militar de Itatiba foi informada, por volta das 22h, de que havia dado entrada no Pronto Socorro da Santa Casa, uma mulher ferida por disparos de arma de fogo.

Em conversa com os policiais, ela disse que estava trabalhando e que o namorado havia ido buscá-la no serviço. Nesse momento apareceu o ex-marido (que é policial militar em São Paulo no 3º Batalhão Metropolitano), e que segundo consta, começou a perseguir o carro em que o casal estava. Ele inclusive chegou a atingir várias vezes a lateral do Voyage.

O carro chegou a rodopiar, já nas imediações da Av. 29 de Abril com a Av. Eloy Argemiro Carniatto, o homem que estava no veículo Duster efetuou disparos de arma de fogo que atingiram a vítima. Um dos tiros atingiu o ombro da vítima, com o projétil alojando-se nela. Ela foi socorrida e passa bem.


Informação: Redação Rádio CRN
Crédito da foto: Reprodução