Alegria Alegria

Das 08:00:00 às 10:00:00
Com: Mané Roberto

Você sabe como medir sua circunferência abdominal?

É comum associarmos o tamanho da região abdominal com o excesso de gordura e maus hábitos de vida. Porém, é comprovado que uma grande circunferência abdominal pode trazer muitos riscos de saúde por conta de sua correlação com a gordura visceral.

“A medida da cintura é um importante indicador de Saúde. Os centímetros que medem a concentração de gordura visceral evidenciam não apenas a obesidade, mas também riscos de desenvolver doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2”, conforme explicou o prof. Marcio Oriani, educador físico, especialista em Educação do Movimento pela Unicamp e prof. da Unip.

Você sabe como medir sua circunferência abdominal?

De acordo com Márcio Oriani, “Os indivíduos do sexo masculino deverão procurar manter a circunferência da cintura abaixo de 102 cm, sendo que o ideal seria um valor inferior a 94 cm, a partir de 102 cm em homens, há um risco substancialmente aumentado de complicações metabólicas associadas à obesidade. As mulheres deverão procurar manter a circunferência da cintura abaixo de 88 cm, sendo que o ideal seria um valor inferior a 80 cm, a partir de 88 cm, há um risco substancialmente aumentado de complicações metabólicas associadas à obesidade”, explicou.

A conta para saber se a gordura abdominal está comprometendo a sua saúde é a seguinte: meça a região utilizando uma fita métrica sob a altura do umbigo.

Ideal    Risco aumentado    Risco muito aumentado
Mulher    < 80 cm    80-88    M    > 88 cm
Homem    < 94 cm    94-102 cm    >102 cm

Entenda o IMC
O IMC (Índice de Massa Corpórea) é uma maneira simples de verificar se você corre risco de ter doenças cardíacas e uma medida precisa de verificar sua forma. Divida seu peso em Kg por duas vezes sua altura. Por exemplo, se você mede 1,64 m de altura e pesa 57 Kg, multiplique sua altura por dois (1,64 x 1,64) = 2,68. Pegue então seu peso 57 Kg e divida-o por 2,68.
IMC =21,2Kg você está no peso ideal. O resultado encontrado pode ser classificado com base na tabela abaixo, proposta pela OMS. (Organização Mundial de Saúde).

IMC    Classificação    Nível de Risco
18,5 ou menos    Abaixo do Peso          Zero
18,5 – 24,9          Peso Ideal                  Zero
25,0-29,9            Sobrepeso                  Aumentado
30,0-34,9            Obeso 1                      Alto
35,0-39,9            Obeso 2                      Muito alto
40,0                    Obesidade morbida    Extremamente Alto

Dieta

Comer é uma das boas coisas da vida. Uma dieta saudável e equilibrada vai fazer com que você se sinta muito melhor.

O que comer?

- O ideal, recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) 400 gramas (cinco refeições) de frutas por dia. Uma alimentação saudável consiste em evitar gordura, açúcar ou álcool em excesso, além de alimentos industrializados ou embutidos. Cuide da alimentação todos os dias da semana.

- As refeições devem ser feitas todos os dias, de preferência, nos mesmos horários, aproximadamente a cada três horas, mantendo-se um mínimo de quatro refeições ao dia.

- A alimentação deve ser variada e conter, principalmente, alimentos naturais ou pouco processados, como: arroz, feijão, milho, batata, mandioca, verduras, frutas, carnes resfriados e congelados, leite, castanhas e farinhas.

- Preferir consumir alimentos cozidos, grelhados ou assados.

- Ingerir bastante líquido ao longo do dia, principalmente água, evitando o consumo de bebidas açucaradas (sucos artificiais, suco de caixinha e refrigerante). Para você saber a quantidade de água que você deve ingerir ao longo do dia, multiplique o seu peso corporal x o fator 0,03 ex: se você pesa 57Kg multiplicado x 0,03 = 1,8 litros, essa é a quantidade de água que você deve tomar ao longo

O que evitar?

-Alimentos com muitas calorias e baixo valor nutricional, como refrigerantes, balas, doces e bolos.

-Alimentos com alto teor de gorduras animais e colesterol, leite integral, carnes gordurosas, manteiga.

-A gordura da carne e a pele do frango.

-Reduza o sal e o açúcar de sua dieta, principalmente se você tiver pressão alta.

- Evitar frituras e alimentos processados, como no caso de conservas, compotas, refrigerantes, salgadinhos de pacotes, macarrão instantâneo, embutidos (salsicha, linguiça, presunto, mortadela e salame), entre outros.  

Atividade Física

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu parâmetros ideais de atividade para cada idade, e afirma que os benefícios do exercício, em qualquer idade, são bem maiores do que qualquer problema que ele possa provocar.  Ao nível recomendado de 150 minutos de atividade física de intensidade moderada por semana, lesões musculo esqueléticas são incomuns, e os riscos de sofrê-las são reduzidos quando a pessoa começa a se exercitar gradualmente. Conheça as recomendações:

Dos 5 aos 17 anos

Para está faixa etária, a atividade física inclui brincadeiras, jogos, esportes, locomoção, recreação e exercícios planejados.
Pelo menos 60 minutos de atividade física diária, moderada ou intensa. A maior parte da atividade física diária deve ser aeróbica. Atividades de grande intensidade devem ser incorporadas, incluindo as que fortalecem músculos e ossos, três vezes por semana.
Mais de 60 minutos de atividade física diária proporcionam ganhos extras para a saúde.

Dos 18 aos 64 anos
A atividade física inclui o tempo de locomoção (por exemplo, caminhar ou andar de bicicleta), ocupação (trabalho), serviços domésticos, jogos, esportes e exercício planejado. Para melhorar a capacidade cardiorrespiratória e muscular e a saúde dos ossos, bem como reduzir o risco de doenças não transmissíveis e o surgimento dedepressão recomenda-se:

- 150 minutos de atividade aeróbica moderada ou 75 minutos de atividade aeróbica intensa.- Atividades de fortalecimento muscular, envolvendo os grandes grupos musculares, devem ser feitas em dois ou mais dias da semana

- Chegar a 300minutos de atividade aeróbica moderada ou 150 minutos de atividade aeróbica intensa trazem benefícios adicionais à saúde.

- Atividades de fortalecimento muscular; envolvendo os grandes grupos musculares, devem ser feitos em dois ou mais dias da semana.

A partir dos 65 anos

- 150 minutos de atividade aeróbica moderada, ou 75 minutos de atividade aeróbica intensa semanalmente.Atividades de fortalecimento muscular; envolvendo os grandes grupos musculares, devem ser feitos em dois ou mais dias da semana

- Adultos desta faixa etária que não possam fazer a quantidade recomendada de atividade física devido a condições de saúde devem ser tão fisicamente ativos quanto suas limitações o permitirem.


Informação Redação Rádio CRN

Foto reprodução