Terminal de ônibus volta para a Quintino no sábado (11/11)






Em mais uma etapa concluída das obras de revitalização do Centro, a partir deste sábado, 11/11, o terminal de ônibus da rua Quintino Bocaiúva volta a operar em seu lugar de origem. Para isso, a pintura da sinalização de solo está sendo finalizada nesta sexta-feira, deixando o terminal pronto para receber passageiros e ônibus já nas primeiras horas do sábado.
Desde o final de julho último as linhas do terminal foram deslocadas provisoriamente para rua Campos Salles – e agora retornam ao trecho original na Quintino, que já está liberado após as adequações de acessibilidade e escoamento de águas – já que se trata não só de uma obra de mobilidade e inclusão, como também de prevenção a enchentes.
As obras de revitalização do Centro estão entrando em reta final, concentrada agora no entorno da Praça da Bandeira e rua Aguiar Pupo. Após essa finalização, será feito e paisagismo, último retoque desta que é a maior obra de infraestrutura do centro da cidade em décadas.
“Sabemos que os transtornos existem, mas eles são provisórios e as melhorias são duradoras”, declarou o prefeito Thomás Capeletto de Oliveira, que na tarde desta quinta-feira (09/11) foi pessoalmente verificar as obras no terminal.
O Departamento de Trânsito municipal e a empresa Transporte Coletivo Itatiba (TCI), responsável pelos ônibus circulares, estarão orientando a população nestes primeiros dias do retorno do terminal ao endereço original.
Revitalização avança
Coordenados pela Secretaria de Obras e Serviços Públicos da Prefeitura de Itatiba, os trabalhos de revitalização do Centro começaram no início de maio, inicialmente na Av. Marechal Deodoro.
Também já foram realizadas obras de drenagem - do início da Glicério, no trecho entre as avenidas Marechal Deodoro e Maria de Lourdes Abreu - para que o volume das águas pluviais (de chuva) tenha vazão até desembocar no Ribeirão Jacaré, evitando alagamentos na parte baixa da cidade.
A revitalização do Centro integra o programa municipal Avança Itatiba, nas frentes Mobilidade Urbana e Infraestrutura e é um projeto fruto de estudos minuciosos. Estão sendo implantadas melhorias em acessibilidade, com calçadas padronizadas e alargadas (com, no mínimo, 1,7m de largura), arborização e medidas contra enchentes.


Crédito da imagem: Renato Jr/PMI