Samba, Pagode e Cia

Das 10:00:00 às 13:00:00
Com: Waldir Dias dos Santos

Primeira semana do ano tem aumento expressivo de casos de Covid em Itatiba

10/01/2022 as 21:00
Não é só a Síndrome Gripal que vem levando muitas pessoas aos prontos-socorros e Centro de Contingência. Nesta primeira semana de 2022, Itatiba registrou 391 casos de Covid-19. Na semana anterior eram apenas 27 casos confirmados. Assim como em todo Brasil, a alta nos casos de Covid vem sendo atribuída provavelmente à variante Ômicron.

Na última semana foram testadas 1.089 pessoas. Na anterior, foram realizados 304 testes da doença em Itatiba. No entanto, mesmo com o aumento – que acende os alertas para reforço no atendimento de saúde devido à grande demanda - a UTI-Covid de Itatiba permanece com 4% de ocupação por pacientes suspeitos.

Não há nenhum paciente confirmado internado na UTI em Itatiba. A grande maioria dos positivados está em isolamento doméstico. O prefeito de Itatiba, Thomás Capeletto de Oliveira, está entre eles: nesta manhã ele foi testado positivo para Covid-19 e seguirá trabalhando de casa pelos próximos dias. Vacinado, ele apresenta sintomas leves da doença.

Os dados são do boletim Covid divulgado nesta segunda-feira, 10/01. Com a piora no quadro, a Prefeitura de Itatiba, por meio da Secretaria de Saúde informa que os boletins voltarão a ser divulgados três vezes por semana – às segundas, quartas e sextas-feiras, para que a população acompanhe a evolução do quadro.

Aumento de procura pelos PS

Segundo dados levantados pela Secretaria de Saúde de Itatiba, os dez primeiros dias de janeiro já somam mais de 4 mil atendimentos, em grande parte elevados por doenças respiratórias.

Em novembro, o pronto-atendimento da UPA-Itatiba e o da Santa Casa de Misericórdia somaram 9.475 atendimentos, número que passou para 12.088 em dezembro e 4.245 atendimentos em janeiro, até agora.  

Os números não consideram o Centro de Contingência de Síndrome Gripal – reaberto na última semana e que tem registrado uma média de 180 atendimentos diários - e as unidades de saúde dos bairros.

A Secretaria de Saúde de Itatiba informa ainda que há muitos profissionais de saúde afastados tanto por Covid-19 quanto pela gripe H3N2. Há um esforço pela rápida substituição, no entanto, os profissionais estão sobrecarregados, o que pode causar maior lentidão no atendimento.